Solo encharcado acende alerta para riscos de deslizamentos e queda de muro na capital

Renata Galdino*
01/11/2019 às 21:01.
Atualizado em 05/09/2021 às 22:30
 (Everaldo da Mata/BHTrans/Divulgação)

(Everaldo da Mata/BHTrans/Divulgação)

Moradores das áreas de risco na capital devem ficar atentos até pelo menos este domingo. As intensas chuvas que atingem Belo Horizonte desde a última terça-feira trazem novos perigos. Por conta do solo encharcado de água, podem ocorrer quedas de muros, deslizamentos e erosões nos terrenos, além de trincas e rachaduras nas casas.

Um alerta foi emitido nesta sexta-feira pela Defesa Civil da metrópole. De acordo com o órgão, há previsão de mais temporais para os próximos dias.

Água empoçada no quintal ou minando na base do barranco, portas e janelas emperrando, rachaduras no solo e inclinação de postes ou árvores são sinais de problemas. A orientação é ligar imediatamente para o número 199.Everaldo da Mata/BHTrans/DivulgaçãoRisco de alagamento fechou a avenida Tereza Cristina nesta sexta-feira

Vias interditadas

As avenidas Tereza Cristina, na região Oeste da cidade, e Vilarinho, em Venda Nova, foram interditadas na tarde desta sexta-feira por conta do risco de alagamentos. As duas ficaram fechadas por cerca de quarenta minutos.

Árvores

As chuvas também derrubaram uma árvore de grande porte na rua São Paulo, no Centro. A área é bastante movimentada e há um ponto de táxi no local, mas não houve feridos. 

Segundo a BHTrans, o trânsito de veículos precisou ser interrompido entre a rua Carijós e a avenida Afonso Pena e no acesso da Amazonas para a São Paulo. 

Já no bairro Tirol, no Barreiro, um espécime caiu sobre um carro na avenida Antônio Eustáquio Piazza. No Nova Gameleira, na região Oeste da capital, um exemplar desabou dentro de um prédio, ficando apoiada em fios de telefonia na avenida Miguel Moisés. 

Uma outra árvore caiu na avenida Ministro Oliveira Salazar, no Santa Mônica, na zona Norte , próximo à Escola Estadual Ari da Franca. Com o acidente, fios de energia elétrica arrebentaram-se e caíram próximo a um posto de saúde.

Em nenhuma dessas ocorrências foram registrados feridos, informou o Corpo de Bombeiros.

*Com Liziane Lopes

Leia Mais:

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por