Mineração

Técnicos da ALMG farão vistoria para avaliar risco geológico ao Pico BH, na Serra do Curral

Leonardo Parrela
leoparrela@hojeemdia.com.br
19/05/2022 às 14:18.
Atualizado em 19/05/2022 às 14:49

Técnicos da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) farão nova vistoria para avaliar possíveis impactos do complexo minerário que pode ser instalado na Serra do Curral. A ida está prevista para sexta-feira (27) da semana que vem. 

O foco da visita é o Pico Belo Horizonte. Os técnicos avaliarão se o local pode ser afetado pelas atividades. O pico é tombado pelo município e pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). Nesta quinta-feira (19), a PBH informou que o local corre risco de deslizamento e alteração da identidade visual.   

A visita produzirá novo relatório técnico, que será encaminhado à Comissão de Administração Pública da ALMG. O documento será votado pelos membros e, se aprovado, publicado no Diário Oficial com as devidas recomendações. A primeira visita técnica à Serra do Curral ocorreu em 9 de maio.

Primeira relatório foi aprovado

O relatório produzido a partir da primeira visita foi aprovado nesta semana. Nele, é recomendado o imediato tombamento estadual da Serra do Curral e a anulação das licenças concedidas pela Secretaria Estadual do Meio Ambiente (Semad). 

A Tamisa, o Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico (Iepha), Semad e a ALMG foram procurados. Essa reportagem será atualizada após os retornos.

Leia mais

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por