Ferramentas holísticas, que tratam do ser por inteiro, as terapias integrativas nunca estiveram tão em alta e foram tão necessárias como agora. Em tempos de pandemia, quando, mais do que a saúde física, são abaladas as relações interpessoais e até consigo mesmo, cuidar da mente e da alma é essencial.

A psicoterapeuta Solange Rolla, por exemplo, que atende em Belo Horizonte, associa uma série de métodos terapêuticos em busca dos melhores resultados com os pacientes. “São integrativas, como o nome diz, e vão ao encontro do princípio de tratar o ser como um conjunto formado por corpo, mente, alma e emoção”, explica a profissional.

Resolução 

No consultório dela, dentre os métodos usados estão constelação familiar e regressão, principalmente. Ambas ferramentas utilizadas pela advogada Gabriela Sena, de 35 anos, que viu parte dos conflitos irem embora quando decidiu experimentá-las. “Já havia tentado uma série de medidas convencionais. Mas foi quando me voltei pra dentro de mim mesma que percebi onde as respostas estavam”, conta a moça.

Leia mais:

O que dizem as cores da alma: aura é campo magnético que protege e diferencia os seres

Acupuntura emocional: baseada no método com agulhas, EFT estimula pontos e promove autocura

O passado cura: regressão a outras vidas ajuda a vencer traumas emocionais e físicos

Psicoterapeuta com mais de 20 anos de experiência, Fernanda Moura também aumentou o cardápio de possibilidades quando viu que cura física e espiritual realmente caminham juntas. “Não há como dizer que existe uma ou outra ferramenta melhor. Cada pessoa escolhe o que funciona para si. O que precisamos é estar abertos para alcançar o nível de cura que desejamos”.

De graça

Há quase 14 anos, uma portaria federal, respaldada por diretrizes da Organização Mundial da Saúde (OMS), instituiu a Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares em Saúde (PNPIC). Por meio dela, são oferecidos, atualmente, de forma gratuita, 29 procedimentos a pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS). Dentre eles estão hipnoterapia, reiki e constelação familiar.

As técnicas, que podem ser encontradas em todos os estados brasileiros, são amparadas por evidências científicas, que mostram os benefícios da integração entre as práticas e a própria medicina convencional. 

Há ferramentas aplicadas, inclusive, para alívio de dores físicas. Caso do reiki, usado, por alguns profissionais, como complemento em tratamentos oncológicos convencionais.

Confira como funcionam algumas terapias integrativas e escolha a sua!

Terapias integrativas

Clique na imagem para salvar ou ampliar