Eleições 2022

Alexandre Kalil diz que governo sucateou a Copasa e defende investimentos em vez de privatização

Hermano Chiodi
hcfreitas@hojeemdia.com.br
04/08/2022 às 19:51.
Atualizado em 04/08/2022 às 19:54
 (FERNANDO MICHEL)

(FERNANDO MICHEL)

O ex-prefeito de Belo Horizonte e candidato ao governo mineiro Alexandre Kalil (PSD) afirmou que o governo de Romeu Zema (Novo) parou de investir na Copasa para enfraquecer a empresa e facilitar a privatização.

“Só se fala em privatização, mas o que acontece é a falta de investimento. É essa ânsia de sucatear para vender barato. Temos que trazer essas empresas de volta”, defendeu o candidato.

A fala de Kalil foi feita nesta quinta-feira (4) durante entrevista a veículos de comunicação do Vale do Aço. O ex-prefeito criticava o fato de que a Prefeitura de Ipatinga anunciou que pretende romper o contrato de prestação de serviços com a Copasa.

Na opinião do candidato, o fato representa um grande prejuízo para a empresa e para o patrimônio do Estado. “A Copasa está sendo tirada de Ipatinga, está tão ruim que foi tirada de uma cidade importante como é Ipatinga, a oitava economia de Minas.Elas (estatais mineiras) são autossuficientes, são rentáveis e já foram exemplo para o país. Não vamos colocar apenas a culpa em contratos, o que precisamos é de autoridade. Vamos recuperar empresas como a Copasa”, afirmou Alexandre Kalil.

O anúncio de que Ipatinga iria abrir mão dos serviços da companhia foi feito em julho pelo prefeito da cidade. A estatal era responsável pelo abastecimento de água e pelo saneamento básico do município desde 1974. O rompimento do contrato entre a empresa e a prefeitura foi possível por causa de mudanças regulatórias estabelecidas no Novo Marco Legal do Saneamento.

Leia Mais

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por