De volta às arquibancadas: saiba como será o retorno da torcida ao Mineirão nesta quarta-feira

Lucas Sanches
lucas.araujo@hojeemdia.com.br
17/08/2021 às 13:12.
Atualizado em 05/12/2021 às 05:42
 (Divulgação/Mineirão)

(Divulgação/Mineirão)

Após um ano e cinco meses, Belo Horizonte volta a receber público nos estádios de futebol nesta quarta-feira (18). Torcedores que compraram ingressos antecipados poderão ir ao Mineirão para a partida entre Atlético e River Plate-ARG, pela Copa Libertadores. As pessoas vão reencontrar uma arena com capacidade reduzida e regras específicas para barrar o contágio da Covid.

Foram colocados à venda 17.971 ingressos, que correspondem a 30% das arquibancadas. Apenas torcedores atleticanos são permitidos. A esplanada será aberta às 18h30 e os portões, 19h30. Detalhes foram definidos em reunião realizada no começo da semana, com representantes do Atlético, Mineirão, Federação Mineira de Futebol e órgãos de segurança. 

Todos os portões estarão abertos para a torcida. Torcedores, funcionários, colaboradores e imprensa deverão apresentar teste negativo da Covid-19. O documento deve ser impresso e ficará recolhido por 30 dias. Serão aceitos o RT-PCR ou o teste rápido de antígeno, desde que feitos até 72h antes do jogo.

Não será feita aferição de temperatura, substituída pela apresentação do exame. Os torcedores deverão apresentar o ingresso nominal e um documento de identificação com foto. A distribuição pelas arquibancadas vai respeitar um assento lateral e um frontal de distância entre pessoas de grupos diferentes no estádio. Além disso, todas as cadeiras precisam estar ao ar livre. 

Torcedores com ingresso, mas sem o resultado negativo para a Covid-19, não poderão entrar. A apresentação do documento vale também para quem já se vacinou com uma ou duas doses do imunizante

"O Mineirão terá medidas de segurança sanitária e treinamento das equipes do estádio que vão trabalhar nos jogos. Há uma intensificação na sanitização e limpeza do estádio e haverá equipes multidisciplinares de saúde que orientarão os torcedores sobre os cuidados necessários, além da distribuição de máscaras e álcool gel nas dependências", afirmou a empresa que administra o estádio.

Os bebedouros da arena só poderão ser usados para encher copos ou garrafas. Seguindo o decreto municipal, não é permitida a venda de bebida alcoólica durante a partida.

Ainda conforme a determinação, 1% dos ingressos foram destinados a menores de 12 anos. No acesso ao estádio, o responsável legal deve ter o comprovante de compra da entrada e um documento de identificação da criança.

Estacionamento
O Mineirão confirmou que não haverá instalação antecipada de faixas e bandeiras nas dependências do estádio. A fiscalização de comércio (bares, restaurantes, ambulantes e afins) na área externa será responsabilidade da Guarda Municipal de BH. Já o estacionamento será aberto às 18h30, com preço único de R$ 30.

A Polícia Militar solicitou que sejam instaladas grades na rua Oscar Paschoal, no acesso ao hall principal, para reforçar a segurança e distanciamento das pessoas, com destaque para a chegada das delegações. Sinalizadores e bastões de selfie estão proibidos.

Retorno

O Mineirão não recebe público nos jogos desde 11 de março de 2020, quando o Cruzeiro foi derrotado por 2 a 0 para o CRB, no jogo de ida da terceira fase da Copa do Brasil.  Desde então, aconteceram 89 partidas com portões fechados no maior estádio de Minas.

Já o último confronto em que o Galo atuou junto de sua torcida ocorreu no dia 7 de março, na vitória por 2 a 1 sobre o Cruzeiro, pela primeira fase do Campeonato Mineiro. Na ocasião, o Gigante da Pampulha recebeu mais de 50 mil atleticanos e cerca de 4 mil cruzeirenses. 

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por