O prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil, e os integrantes do Comitê de Enfrentamento à Epidemia da Covid-19 devem anunciar novidades sobre as ações da administração municipal no combate à pandemia na tarde desta terça-feira (3). A prefeitura convocou a imprensa para uma coletiva às 14h, mas não informou qual será o conteúdo da entrevista. A expectativa é de um anúncio referente à reabertura do comércio não essencial na capital mineira. 

Na sexta-feira (31), o prefeito informou quais serão os primeiros setores econômicos que poderão funcionar, assim que os índices de ocupação de leitos e transmissão do novo coronavírus estiverem estabilizados na capital mineira. Atualmente, a ocupação de leitos de UTI para pacientes com Covid é o principal gargalo. A taxa está em 83%, mas precisa ser reduzida para 70% para que a reabertura possa ser viável.

A fase 1 de reabertura do comércio de Belo Horizonte já terá todos os estabelecimentos varejistas e atacadistas, salões de beleza, shoppings centers e galerias de lojas em funcionamento, mas uma data não foi divulgada.

Bares, restaurantes e lanchonetes só poderão voltar a atender clientes dentro dos estabelecimentos na segunda etapa de flexibilização. A etapa três prevê reabertura de academias, clubes, clínicas de estética e eventos como exposições, congressos e seminários.

De acordo com boletim epidemiológico divulgado nesta segunda-feira (3), Belo Horizonte registra 552 mortes pelo novo coronavírus – um aumento de mais de 100% em apenas três semanas.

Leia mais:
Prefeitura de BH inicia segunda fase de obras de contenção de enchentes na avenida Vilarinho