Ao emitir um comunicado, no qual diz "entender e respeitar" a decisão da PBH de proibir a presença de torcedores nos estádios da capital mineira, o Cruzeiro informou que estava avaliando outras praças, que poderiam receber a torcida, para mandar confrontos na Série B do Brasileiro. E a Arena do Jacaré pode ser a bola da vez.

A informação foi divulgada pela Rádio Itatiaia nesta terça-feira (24) e confirmada pela reportagem. No entanto, a Raposa não se pronunciou oficialmente.

Caso o acordo seja selado, caberia ao Cruzeiro cuidar do gramado do local.

O estádio em Sete Lagoas foi palco de várias partidas dos clubes mineiros, sobretudo  durante o período em que Independência e Mineirão estavam simultaneamente sob reformas, de meados de 2010 aos primeiros meses de 2012.

Foi na Arena do Jacaré que se deu a maior goleada aplicada pelo Cruzeiro sobre o Atlético, por 6 a 1, no dia 4 de dezembro de 2011, pela última rodada da Série A.

O estádio pode abrigar até 600 torcedores em cada jogo neste período de pandemia.

Leia mais:
Presença de torcedores nos estádios fica suspensa por ‘prazo indeterminado’ em BH
Pedra no sapato: vice-líder da Série B, CRB não perde para o Cruzeiro há cinco jogos

 

Cruzeiro