O Cruzeiro divulgou em suas redes sociais o documento de seu CNPJ como primeira Sociedade Anônima do Futebol (SAF) no Brasil.

“Nosso novo CNPJ nasceu! E nasceu com números interessantes antes e depois da barra”, escreveu o clube.

O presidente do Cruzeiro, Sérgio Santos Rodrigues, destacou, por meio de um vídeo divulgado nas redes sociais do clube, que em 17 de dezembro, às 18h30, haverá uma assembleia geral para a mudança do estatuto da Raposa. O encontro será transmitido ao vivo no canal dos celestes no YouTube.

Cruzeiro

A declaração do presidente tem a ver com a mudança na divisão societária da Sociedade Anônima do Futebol (SAF).

“Todo mundo sabe que antes, lá no artigo primeiro, estava colocado que o Cruzeiro só poderia vender 49% das ações. Entretanto, a gente conversou bastante com as pessoas que nos auxiliam, sobretudo a Alvarez & Marsal e a XP, que são as empresas que estão nos ajudando a captar investidores, e vi uma dificuldade no mercado que estava para isso. Quem vai colocar dinheiro, vai colocar para não ter controle? Já sabia que quem ia ajudar a gestão estaria disposto a isso, claro. É fundamental que quem faça isso tenha o poder de controle, já que vai colocar a maior parte do dinheiro”, declarou o mandatário. 

“Em razão disso, a gente chamou essa assembleia geral, que é o órgão competente para resolver sobre isso, diferente do Conselho Deliberativo. A assembleia geral é convocada pelo presidente do clube. A gente está chamando todos os associados para votar. Todo associado que tem mais de um ano adimplente no clube está apto a poder votar, e é muito importante que participe historicamente”, completou.

Leia mais:
Em assembleia geral, Cruzeiro planeja ceder fatia maior a investidor, mas manter ao menos 10% da SAF
Rômulo vê com bons olhos chegada de atletas experientes ao Cruzeiro: 'ano que vem será diferente'
Ricardo Rocha revela acerto da Raposa com Mattos e indica prazo para pagamento do transfer ban