Jogador que mais vezes vestiu a camisa do Cruzeiro (963 confrontos, até agora), Fábio tem contrato até o fim do ano e dependeria de uma renovação do vínculo com o clube para chegar à milésima partida pelos celestes em 2022. No entanto, ele ainda aguarda uma conversa com a diretoria.

Além disso, o goleiro deixou clara a intenção de permanecer na agremiação. Tanto que, nesta quarta-feira (22), falou a respeito de uma proposta recente recebida pelo Grêmio e descartada pelo atleta.

“A confiança dos dirigentes do Cruzeiro é muita plena no meu caráter e na minha identificação com o clube. E eles ficam tranquilos achando que eu vou não vou me aposentar ou receber uma proposta que eu possa vir a aceitar. Tive uma oportunidade agora do Grêmio, com o Felipão, e agradeci a ele, pelo momento do Cruzeiro. Deus vai direcionar ao que for melhor”, afirmou Fábio.

O goleiro destacou ainda que toda sua carreira foi conduzida pelos contratos firmados. 

Cruzeiro

“Tenho vínculo até 31 de dezembro. Meu foco é fazer meu melhor, como sempre fiz. Sempre fazer meu melhor no Cruzeiro para tentar ajudar de todas as formas, trabalhando muito, me dedicando no dia a dia e buscando sempre evoluir. Entrar para a história não depende somente de mim”, comentou.

E reiterou a fé em Deus para continuar honrando as cores do clube. “Primeiramente minha vida toda é baseada na vontade de Deus, e o que ele tem para minha vida sempre vai se cumprir. Continuo trabalhando para ser merecedor do que Deus tem para minha vida. Mas fica difícil para eu falar (de renovação de contrato). Me baseio no tempo de contrato; ao longo da minha carreira foi dessa forma, e Deus foi direcionando para o que era melhor”, disse.

Leia mais:
Quase dois meses após encerrar contrato, Cruzeiro vai reencontrar técnico Mozart neste domingo
Cruzeiro informa que volante Henrique testou positivo para a Covid-19; jogador está assintomático
'Pedras no sapato': Cruzeiro tenta encerrar jejum de onze jogos sem vencer times alagoanos