A greve de jogadores do Cruzeiro já é uma realidade, como deixa claro uma carta divulgada no perfil do goleiro Fábio no Instagram (confira na íntegra mais abaixo). De acordo com o texto, o elenco celeste iniciará uma paralisação nesta quinta-feira (14), data que marcaria o retorno do plantel aos treinos.

"Faremos a paralisação dos treinamentos em voz a todos os colaboradores que amam o clube e estão desamparados. Infelizmente, ficou intolerável e injustificável a forma como atletas e funcionários estão sendo geridos", diz um trecho da carta.

No texto, fica explícito que os atletas estão indignados, sobretudo, pelos salários atrasados aos funcionários do clube. 

"Informamos que diante dos reiterados atrasos salariais neste ano de 2021, onde chegou ao ponto insustentável de termos até seis meses de atrasos, demonstra-se a precária situação financeira a que estão expostos todos os funcionários, que atualmente estão sendo socorridos pelo auxílio/ajuda financeira dos atletas profissionais para manutenção das necessidades básicas de sobrevivência", diz.

A carta ressalta ainda que “entre o elenco profissional e funcionários com contrato de trabalho vigente há também pendências financeiras referentes ao ano de 2020".

A informação de uma possível greve foi divulgada inicialmente pela Rádio Itatiaia. A reportagem do Hoje em Dia entrou em contato com a diretoria da Raposa, mas ainda não obteve resposta. Se a cúpula celeste quiser se manifestar, o espaço está aberto.

O Cruzeiro só volta a campo no próximo dia 22, às 21h30, contra o Avaí, na Ressacada, pela 31ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

Cruzeiro

Polêmica

No último dia 2, Pedro Lourenço, dos Supermercados BH, um dos parceiros do clube celeste, demonstrou indignação quanto a esse problema salarial provocado pela diretoria do Cruzeiro.

“Tem três meses de (salário de) jogador atrasado, de segurança atrasado... Isso não se faz com o ser humano. Está errado. Tem que mudar. (...) Quando foi falado com o Vanderlei, ele exigiu que os salários estivessem em dia. Chegou para mim a conta que era ‘x’. Comprei um patrocínio, para acertar tudo. Isso foi feito. Agora, se pagou lá, eu não posso falar”, afirmou ele à Itatiaia.

Leia mais:
Alvo de elogios de Luxa, Vitor Roque estreia pelo Cruzeiro com menos idade que Ronaldo
Após 11º jogo sem sofrer gol na Série B, Fábio diz que ‘tudo tem um tempo certo’
Luxemburgo aponta 'suspensão encomendada' e dispara contra Leonardo Gaciba