Se na temporada 2018/2019, os dois maiores times de vôlei de Minas Gerais, Itambé-Minas e Dentil-Praia Clube, protagonizaram as decisões no país, com o time de BH sendo campeão de praticamente tudo, a temporada 2019/2020, que oficialmente para a dupla foi aberta na última sexta-feira (1), pode até ser diferente, mas apenas em quem põe a mão na taça. Na Supercopa, jogo em que o campeão da última Superliga enfrenta o vencedor da Copa Brasil, as uberlandenses venceram com superioridade o clássico, por 3 sets a 0 (25/22, 25/22 e 25/19), no Sabiazinho, em Uberlândia.

O Praia mostrou na prática, o que a ficha técnica dos dois times já apresentava. O elenco do time do interior é superior ao do time da capital, principalmente nas pontas, que deve ser o calcanhar-de-Aquiles do Minas. O time azul e branco jogou a Supercopa sem a venezuelana Acosta, lesionada na panturrilha direita. Mas Deja McClendon ainda não mostrou regularidade para ser a ponteira titular, e vai ter de brigar com Lana e Kasiely pela vaga no time. Por outro lado, as aurinegras possuem a campeã olímpica Fernanda Garay, Michelle, Pri Daroit, a melhor jogadora da partida de sexta, e ainda a dominicana Martinez, grande contratação da temporada.

É esse o cenário desafiador para o Minas e animador para o Praia que antecede o Campeonato Mineiro, que será disputado por pontos corridos esta semana, com o primeiro jogo nesta terça-feira (5). Fato é que as uberlandendes mostraram que estão mais coesas, mesmo sem Carol no meio de rede. Fawcett e Monique são ótimas opções na saída, se Paulo Coco desistir da ideia de usar a dominicana como oposta. No Minas, Sheilla não lembra nem de longe a bicampeã olímpica que é. Já Bruna Honório, ainda carece de tempo para pegar o devido ritmo. Thaísa, Gattaz, Leia e Macris, são os pontos fortes.

Uberlândia (MG) - 01.11.2019 - Supercopa feminina - Dentil/Praia Clube x Itambé/Minas - SabiazinhoAssim que retornou ao time mineiro, central Walewska levantou o troféu de campeã no primeiro jogo

Para o torcedor do Minas, porém, é preciso cautela na hora de cobrar do time. De uma temporada para outra, a equipe teve importantes mudanças para uma equipe de vôlei, com a saída de suas duas ponteiras, uma posição essencial na engrenagem desse esporte. Além disso, a chegada do italiano Nicola Negro faz mudar a forma de trabalho, e grupos precisam de tempo para assimilar filosofias de trabalho. Por último, os fãs podem se agarrar à ideia que, nos últimos estaduais, foi exatamente jogando os clássicos em casa que o Minas praticamente assegurou o título. A torcida, na Arena Minas, pode fazer a diferença.

Embates

Mas não serã só em solo caseiro que a dupla mineira vai se enfrentar. No cenário nacional, o prognóstico também é forte, já que ambas entram como favoritas. Assim também é na Copa Brasil e no Sulamericano, que o Praia vai jogar por ser sede e o Minas por ser o atual campeão Brasileiro. Há ainda, quem sabe, um duelo na fase eliminatória do Mundial de Clubes, já que ambas as equipes estão em grupos diferentes.

Contudo, nem só de pão de queijo se faz o vôlei brasileiro. Outros times estão no caminho e precisarão ser observados de perto se Minas e Praia quiserem continuar mantendo o domínio no país. No Campeonato Mineiro deste ano, o Curitiba, como convidado, e o tradicional Mackenzie correm por fora pelo título estadual. Mas na Superliga, Sesc-RJ, Osasco-Audax e Sesi-Bauru, são os principais desafios. No Mundial, verdadeiras seleções europeias, como o Eczacibasi VitrA e VakıfBank, da Turquia, e os italianos Imoco Conegliano e Novara.

Para quem mora em Belo Horizonte, esta terça-feira (5) será a primeira vez que os torcedores poderão acompanhar Minas e Praia na cidade. Ambos estreiam no Campeonato Mineiro, no ginásio do Mackenzie. Às 18h, o Dentil-Praia Clube enfrenta o Curitiba, enquanto o Itambé-Minas joga às 20h, o tradicional clássico de BH contra o Mackenzie. 

Leia Mais:
Disputado por potências nacionais, estadual feminino de vôlei tem tabela definida; confira
Dentil/Praia Clube domina o Itambé/Minas e vence o Desafio MG x RJ, em Sete Lagoas
Sai a tabela do Mundial de Clubes de Vôlei Feminino: Minas x Natália na 1ª fase e Praia x Novara