Atlético

Responsável por assistências nos últimos três jogos, Nacho Fernández é uma das esperanças do Galo

Passados 143 dias desde sua última derrota no Mineirão, o Atlético reencontrará, nesta quarta-feira (20), o adversário responsável pelo seu último revés em casa. Em 30 de maio, o Galo perdeu para o Fortaleza na primeira rodada do Campeonato Brasileiro. Desta vez, as equipes se enfrentam em jogo de ida das semifinais da Copa do Brasil.

Até aqui, o time alvinegro venceu todos os três jogos disputados no Mineirão pela competição nacional. Considerando ainda as participações no Brasileirão e na Libertadores, o Galo não perde como mandante há 17 jogos. Desde a última derrota em casa, foram 14 vitórias e três empates, com 88,23% de aproveitamento.

Para manter o bom rendimento no Gigante da Pampulha e abrir vantagem na briga por uma vaga na decisão da Copa do Brasil, o Atlético terá como trunfo o retorno de três atacantes que se recuperaram de problemas físicos: Diego Costa, Savarino e Eduardo Vargas. O trio deve começar no banco de reservas.

Já na zaga, o técnico Cuca não terá Nathan Silva, que participou desta edição da Copa do Brasil pelo Atlético-GO. Ele deve ser substituído por Réver. Outra opção seria Igor Rabello.

Na lateral direita, o Atlético não deve contar novamente com Mariano. Desfalque na derrota para o Atlético-GO, no último domingo (17), ele deve ser substituído por Guga.

Adversário invicto

Enquanto o Galo conta com o seu alto rendimento em casa, o Fortaleza chega ao duelo desta noite invicto na Copa do Brasil. Único dos quatro semifinalistas que está na competição desde a primeira fase, o Tricolor soma seis vitórias e dois empates em oito partidas.

A equipe comandada por Juan Pablo Vojvoda eliminou Caxias-RS, Ypiranga-RS, Ceará, CRB-AL e São Paulo na caminhada. Já o Galo entrou na terceira fase e passou por Remo, Bahia e Fluminense.

Quem avançar à final vai enfrentar o vencedor do confronto entre Athletico Paranaense e Flamengo, que também iniciam o duelo pelas semifinais nesta quarta-feira.

Atlético x Fortaleza

Atlético

Everson; Guga, Réver (Igor Rabello), Junior Alonso e Guilherme Arana; Allan, Jair, Zaracho e Nacho Fernández; Hulk e Keno
Técnico: Cuca

Fortaleza

Felipe Alves; Tinga, Titi e Matheus Jussa; Yago Pikachu, Felipe, Éderson, Ronald (Matheus Vargas) e Lucas Crispim; Romarinho e Robson
Técnico: Juan Pablo Vojvoda

DATA: 20 de outubro de 2021 (quarta-feira)
HORÁRIO: 21h30
LOCAL: Mineirão
CIDADE: Belo Horizonte
MOTIVO: jogo de ida das semifinais da Copa do Brasil
ARBITRAGEM: Bráulio da Silva Machado, auxiliado por Kléber Lúcio Gil e Henrique Neu Ribeiro, todos de Santa Catarina
VAR: Wagner Reway (PB)
TRANSMISSÃO: Globo, SporTV e Premiere

Leia mais:
Em busca da forma física ideal, Diego Costa completa dois meses da apresentação no Atlético
Disputa na Copa do Brasil poderá ser tira-teima do equilibrado confronto entre Galo e Fortaleza
Se vencer Brasileiro e Copa do Brasil, Galo terá mais que o triplo da premiação obtida na Liberta