Nesta terça-feira (7), às 21h30, na Serrinha, o Cruzeiro visita o Goiás, na partida de encerramento da 22ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Em uma tacada só, o time celeste tenta manter sua invencibilidade na terceira Era Vanderlei Luxemburgo, chegar à sua maior série sem derrota na Segunda Divisão, aumentar para cinco pontos a diferença em relação à zona de rebaixamento e diminuir para dez a distância para o G-4.

Com 25 pontos, em 15° lugar, a Raposa vem de três triunfos (sobre Brusque, Náutico e Confiança) e cinco empates (com Vila Nova-GO, Londrina, Vitória, Sampaio Corrêa e CRB). Desses, seis confrontos foram sob o comando do Luxa (três vitórias e três igualdades no placar).

Se não perder para o Esmeraldino, chegará a nove duelos de invencibilidade, igualando sua maior série sem derrota da Segundona, ocorrida em 2020 (triunfos em cima de Operário-PR, Paraná, Botafogo-SP e Chapecoense e empates com Oeste, Juventude, Náutico, Guarani e Figueirense).

G-4

No entanto, “não perder” não é suficiente para uma equipe que visa ao grupo dos quatro primeiros lugares e que ainda corre risco de descenso. Pensando na parte de cima, o Cruzeiro necessita de uma vitória para diminuir para dez pontos a distância em relação ao quarto colocado, que hoje é o Goiás, com 38 pontos.

Cruzeiro

Cruzeiro, de Vanderlei Luxemburgo e Ricardo Rocha, tenta bater o Goiás fora de casa

Já o time goiano pleiteia a vice-liderança: se ganhar dos celestes, ultrapassa CRB (40 pontos) e Botafogo (38) e fica a um ponto do Coritiba, dono da ponta do campeonato, com 42.

"O objetivo de subir não sai da nossa cabeça. Todo dia trabalhamos pensando nisso. Todos os jogos, a partir de agora, serão muito importantes para a gente. Contra o Goiás, será uma partida para se entrar ligado do primeiro ao último minuto. Vi que o gramado (da Serrinha) é excelente para se ter um futebol bonito. E vamos em busca da vitória", afirmou o atacante Wellington Nem.

Z-4

Vencer também se faz fundamental para a Raposa diminuir o risco de queda para a Série C. Caso atinja o objetivo principal desta noite, o Cruzeiro chega a 28 pontos, colocando cinco de vantagem sobre o Vitória, 17° colocado, com 23.

FICHA TÉCNICA

GOIÁS
Tadeu; Apodi, David Duarte, Reynaldo e Hugo; Rezende, Caio Vinícius e Élvis; Diego, Nicolas e Alef Manga
Técnico: Marcelo Cabo

CRUZEIRO
Fábio; Rômulo (Cáceres), Ramon, Eduardo Brock e Matheus Pereira; Adriano, Lucas Ventura (Rômulo) e Giovanni; Wellington Nem, Bruno José e Thiago (Rafael Sóbis)
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

DATA: 7 de setembro de 2021 (terça-feira)
HORÁRIO: 21h30
LOCAL: Serrinha
CIDADE: Goiânia (GO)
MOTIVO: 22ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro
ARBITRAGEM: Jean Pierre Goncalves Lima, auxiliado por Rafael da Silva Alves (Fifa) e Michael Stanislau, todos do Rio Grande do Sul
VAR: Braulio da Silva Machado (SC/Fifa)
TRANSMISSÃO: Globo e Premiere

Leia mais:
Meia Giovanni elogia gramado do palco de Goiás x Cruzeiro: ‘para nós, facilita bastante’
Adversário do Cruzeiro nesta terça, Goiás tem retorno de meia e deve ter força máxima
Ramon valoriza 'semanas cheias’ e explica evolução defensiva do Cruzeiro nos últimos jogos