Vagner Mancini tinha tudo para fazer história no América, ao tirar o time do Z-4 e colocá-lo na 12ª colocação, na zona dos classificados à Copa Sul-Americana, mas preferiu deixar o clube, restando 12 rodadas para o término do Campeonato Brasileiro. A partir deste sábado (16), às 21h, contra o Bahia, no Independência, o time alviverde, ainda em busca de um treinador, tenta não repetir o “filme” de 2018 e, desta vez, permanecer na Série A.

Três anos atrás, o Coelho fazia uma boa campanha na elite nacional, sob o comando de Enderson Moreira. Só que depois que o técnico deixou o CT Lanna Drumond com destino ao Tricolor da Boa Terra, a coisa desandou para a equipe mineira, que acabou rebaixada.

Aquele foi o terceiro descenso do América em três edições disputadas na Era dos Pontos Corridos da Série A (as outras foram em 2011 e 2016).

Nova realidade

Em 2021, o Alviverde busca, pela primeira vez sob este modelo de disputa, iniciado em 2003, a permanência na elite por, no mínimo, dois anos consecutivos.

Muito dessa possibilidade se deve a Vagner Mancini, que abraçou o projeto do Coelho, porém, seduzido pelas cifras do Grêmio, deixou o clube mineiro depois de 21 duelos, sendo sete vitórias, nove empates e cinco derrotas. O desafio daqui para frente, no América, é o de continuar a evoluir para alcançar o objetivo principal da temporada.

América

Confronto direto

A partida deste sábado tem um caráter de “decisão”. O Alviverde aparece em 12º lugar na classificação, com 31 pontos, quatro a mais que o Bahia, que tem um jogo a menos em relação ao Coelho.

Para este confronto direto, o América será comandado pelo auxiliar Diogo Giacomini. Neste embate, o time mineiro não terá o atacante Ribamar, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Por outro lado, Alê, que cumpriu suspensão, retorna e é uma das opções para o meio de campo.

Leia mais:
Novo recomeço: sem Vagner Mancini, América busca terceiro treinador desta temporada
América x Bahia: prováveis escalações e onde assistir ao jogo deste sábado
Em busca de um novo técnico, América será comandado por Diogo Giacomini contra o Bahia

 

FICHA TÉCNICA

AMÉRICA
Matheus Cavichioli; Patric, Eduardo Bauermann, Ricardo Silva e Marlon; Lucas Kal, Juninho, Alê e Ademir; Fabrício Daniel e Felipe Azevedo
Técnico: Diogo Giacomini

BAHIA
Danilo Fernandes; Nino Paraíba, Conti, Luiz Otávio e Matheus Bahia; Patrick de Lucca, Daniel, Lucas Mugni, Juninho Capixaba e Raí Nascimento; Gilberto
Técnico: Guto Ferreira

DATA: 16 de outubro de 2021 (sábado)
HORÁRIO: 21h
LOCAL: Independência
CIDADE: Belo Horizonte
MOTIVO: 27ª rodada do Campeonato Brasileiro
ARBITRAGEM: Alisson Sidnei Furtado, auxiliado por Fábio Pereira e Cipriano da Silva Sousa, todos do Tocantins
VAR: Rafael Traci (SC)
TRANSMISSÃO: Premiere