Quatro dias após o último temporal em Belo Horizonte, que aconteceu na última terça-feira (28) , boa parte das vias interditadas devido aos estragos já foi liberada. Mas a avenida Teresa Cristina ainda tem vários pontos bloqueados na manhã desta sexta-feira (31) e a rua Marília de Dirceu, no Lourdes, segue fechada, assim como a avenida do Canal, no Barreiro. 

Além disso, 36 linhas de ônibus continuam sendo desviadas, mas este número deve diminuir ao longo do dia conforme as vias por onde passam estes coletivos forem sendo liberadas ou desobstruídas. 

No sentido Centro da avenida Teresa Cristina, as interdições acontecem do Anel Rodoviário até a rua Minasgás, na altura do Betânia, e da rua Monte Branco até a rua Alpes. Já o trecho que vai desde a rua Minasgás até a rua Monte Branco foi liberado, porém, a via continua em condições precárias, demandando atenção redobrada dos motoristas que passam por ali. 

E no sentido bairro da Teresa Cristina, os trechos da avenida Amazonas até a avenida Dom João VI, e da rua Amanda até o Anel Rodoviário já foram liberados. Da avenida Dom João VI até a rua Amanda, o tráfego, no entanto, só é permitido para trânsito local. 

A rua Marília de Dirceu, uma das mais castigadas pelas chuvas da última terça, continua interditada entre a avenida do Contorno e a rua Felipe dos Santos. Já a Prudente de Morais, outra via que também sofreu com a força das águas, foi liberada em toda a sua extensão e nos dois sentidos. A BR-356, no sentido Belvedere - Savassi, também está liberada. 

Já na região Central de BH, a avenida dos Andradas, entre a rua Carijós e a Alameda Ezequiel Dias, tem duas faixas interditadas em cada sentido, mas a ponte da Andradas com Ezequiel Dias está liberada. Na região, o trânsito é lento nesta manhã.

Na Via 240, uma obra emergencial na altura da Estação São Gabriel fecha uma faixa no sentido Belo Horizonte e duas no sentido Santa Luzia.
No Barreiro, permanece a interdição da avenida do Canal, entre a avenida Afonso Vaz de Melo e a rua Cabo Valério dos Santos. Por este motivo, várias linhas que passariam por ali estão sendo desviadas. São elas: 308,326,329,330,342, 3029, 3150, 335, 337 e 340.

Confira os desvios:

 

Leia mais:

Em reconstrução: veja o antes e o depois de locais castigados pela maior chuva da história de BH
Metrópole em suspense: BH se prepara para tempestade nesta quinta mas encontra sol forte
Hora de reconstruir: A 4 dias para a volta às aulas e a 23 do Carnaval, BH corre para retomar rotina