Metrô de BH terá reforço na volta para casa nesta terça, segundo dia de greve dos ônibus

Vivian Chagas (*)
@vivisccp| Especial para o Hoje em Dia
23/11/2021 às 11:12.
Atualizado em 05/12/2021 às 06:18
 (Frederico Haikal/Arquivo Hoje em Dia)

(Frederico Haikal/Arquivo Hoje em Dia)

A volta para casa será reforçada no metrô de Belo Horizonte nesta terça-feira (23), segundo dia da greve dos ônibus. Nesta manhã, paralisação foi marcada por bloqueios, tumulto e trânsito caótico na capital.

A Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) informou que vai prosseguir com a estratégia de oferecer mais trens para atendimento à população, sempre que necessário. 

O horário de pico, com intervalo de 7 a 10 minutos, também será estendido, de acordo com a demanda. Todo o movimento de usuários das estações e trens é monitorado pelo Centro de Controle Operacional em tempo real.

Segundo a empresa, na manhã desta terça  (23), foram ofertados mais trens acoplados (de 8 carros) no lugar dos trens simples (de 4 carros). 

A Companhia ainda declarou que, no primeiro dia da greve, de 5h15 às 23h, houve um aumento de 16 mil pessoas no sistema, em relação à última terça (16), totalizando uma demanda de 110 mil usuários.

Horários do metrô

As bilheterias do metrô funcionam das 5h40 às 23h e as estações estão abertas das 5h15 às 23h, para quem já possui cartão ou bilhete do metrô.

 Em dias úteis, o intervalo é de 7 a 10 minutos em horários de pico e 15 minutos nos demais horários. Aos sábados, o intervalo é de 15 minutos nos picos e 20 minutos nos demais horários. Já nos domingos e feriados, o intervalo é de 20 minutos.

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por