Mais 36 mortes por Covid-19 foram confirmadas em Minas nas últimas 24 horas. Os dados apontam novo recorde de óbitos notificados em um dia. A informação foi divulgada pela Secretaria de Estado de Saúde (SES), neste sábado (20). Com a atualização do boletim epidemiológico, o número de pessoas que perderam a vida pela doença no território mineiro chegou a 636.

Além disso, 253 novos infectados foram contabilizados em Minas nas últimas 24 horas. Agora, são 27.305 casos confirmados da doença no Estado. Dos óbitos confirmados até o momento, 73% tinham mais de 60 anos e 84%, doenças pré-existentes. Já com relação aos infectados, 80% têm entre 20 e 59 anos. A média de idade dos casos é 41 anos.

Com 96 mortes e 3.896 casos, Belo Horizonte é o epicentro da doença no Estado. Uberlândia, no Triângulo Mineiro, aparece em seguida, com 51 óbitos e 2.640 doentes.

O boletim da SES também mostra que 10.680 mineiros seguem acompanhados pelos órgãos de saúde. Outros 15.989, que receberam o diagnóstico positivo do novo coronavírus, estão curados.

perfil

Lockdown

Os números relacionados ao novo coronavírus nunca foram tão alarmantes no Estado. Nessa sexta-feira (19), a SES divulgou que a taxa de ocupação de leitos de terapia intensiva subiu de 72% para 88% em Minas. Em entrevista coletiva, João Pinho, chefe de gabinete da Secretaria de Saúde, anunciou que está desenvolvendo um protocolo para a realização de lockdown em cidades onde a situação da pandemia estiver mais séria. 

Na última quinta-feira (18), o governador Romeu Zema demonstrou preocupação com o avanço do coronavírus em Minas. Segundo o gestor, a “trajetória ascendente de casos” tem surpreendido as previsões da equipe técnica. Por isso, é preciso frear a transmissão da doença, pois, caso contrário, o sistema de saúde pode entrarem colapso e ter a capacidade esgotada em um mês.

Belo Horizonte

Com a explosão de casos, mortes e internações por Covid-19 em Belo Horizonte, o prefeito Alexandre Kalil não autorizou o avanço da flexibilização do comércio para a terceira fase. Nessa sexta-feira (19), a prefeitura informou que reabertura gradual continua da forma que está. Ou seja, bares, restaurantes, academias e clubes permanecerão fechados. 

O Secretário Municipal de Saúde, Jackson Machado, destacou que a taxa de transmissão do coronavírus está em 1,13 e a ocupação dos leitos de enfermaria exclusivos para Covid em 61,2%. Neste momento, a maior preocupação é com relação a lotação das UTIs, que está em 78,2% e no nível vermelho. O aceitável pelo comitê é lotação inferior a 70%.