Consulta pública sobre Rodoanel Metropolitano fica disponível por 30 dias; projeto tem mudanças

Da Redação*
portal@hojeemdia.com.br
25/10/2021 às 12:23.
Atualizado em 05/12/2021 às 06:07

Uma nova consulta pública sobre o projeto do Rodoanel Metropolitano será publicada nesta terça-feira (26) pela Secretaria de Estado de Infraestrutura e Mobilidade (Seinfra). A documentação poderá ser acessada durante 30 dias (clique aqui). O anúncio foi feito nesta segunda-feira (25), em coletiva de imprensa.

Após esse período, a proposta passará por ajustes finais antes da publicação do edital. O envio de contribuições deverá ser endereçado ao rodoanelmetropolitano@infraestrutura.mg.gov.br, utilizando o modelo de questionamento disponibilizado no site. As obras começam apenas em 2023.

“A nova consulta é mais um período de escuta da sociedade e pretende promover eventuais ajustes para a conclusão e publicação da licitação ainda este ano”, afirmou o secretário de Infraestrutura e Mobilidade, Fernando Marcato.

Também foram detalhadas as principais mudanças no traçado proposto para o projeto. Na Alça Sul, houve a retirada do túnel da Serra da Calçada, bem como a mudança da localização do túnel da Serra do Rola Moça. As alterações reduzem em 1 km a extensão dos túneis.

De acordo com a secretaria, a alteração evitará eventuais impactos no aquífero Caué e reduzirá as interferências provocadas por desapropriações no pólo turístico de Casa Branca, em Brumadinho, na Grande BH. A alternativa circunda Ibirité e a rodovia funcionará como barreira para o Parque Estadual da Serra do Rola Moça.

"Antes, (o projeto) passava por Casa Branca. Agora, segue margeando Olhos D'Água, BH e Nova Lima, mais próximo da mancha urbana. Brumadinho terá um acesso para o Rodoanel", disse o subsecretário Gabriel Ribeiro Fajardo.Divulgação/Seinfra / N/A

Mudanças no projeto do Rodoanel Metropolitano

Além dessa alteração, o projeto foi inteiramente revisado, com destaques às incorporações de cláusulas com obrigações de minimizar os impactos ambientais e privilegiar a responsabilidade da concessionária.

Foi adicionada, ainda, a atualização de preços e índices de todos os estudos de novembro de 2020 para junho de 2021, a revisão da modelagem econômico-financeira, do caderno de encargos e projetos de engenharia e o aperfeiçoamento da estrutura de garantia do projeto. São previstos gastos na casa de R$ 5 bilhões, sendo que o Estado deve arcar com cerca de R$ 3 bilhões do investimento total.

Projeto

O projeto do Rodoanel Metropolitano teve início em fevereiro de 2020 e foi discutido com a sociedade por meio de uma primeira consulta, entre 5 de fevereiro e 28 de abril. Além disso, neste ano, foram realizadas cerca de 55 reuniões de alinhamento com os interessados da sociedade civil, potenciais licitantes, órgãos ambientais e representantes de municípios.

Na primeira consulta, foram recebidas mais de 750 contribuições, sendo que a maior parte das propostas buscava a proposição de soluções para minimizar impactos ambientais, principalmente na Alça Sul.

*Com Maurício Vieira

Leia mais:

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por