O número de ocorrências atendidas pela Defesa Civil quase dobrou entre a manhã e a tarde desta segunda-feira (6) em Belo Horizonte. Com chuvas atingindo a cidade desde a madrugada, os problemas se acumulam pela capital. Até as 11h45, eram 33 solicitações de vistorias de risco, às 16h o número chegou a 62.

Segundo a Defesa Civil, a maior parte dos atendimentos foi feita em imóveis particulares nas regionais Nordeste, Venda Nova e Noroeste, que reúnem 45 das 62 ocorrências.

Belo Horizonte está em estado de risco geológico até sexta-feira (10), situação que coloca mais de 1,5 mil famílias em alerta para o risco de deslizamentos de terra, desabamentos e danos estruturais causados, em especial, pelo encharcamento do solo.

Ao longo do dia, temporais causaram deslizamentos de terra, desabamentos de estruturas, quedas de árvores e muros, ferimentos e caos no trânsito da capital. De acordo com o subsecretário de Proteção e Defesa Civil de BH, Waldir Figueiredo Vieira, nas últimas 12 horas, choveu um terço do esperado para todo o mês na cidade.

Veja imagens dos estragos causados pela chuva em BH no fim da matéria.

Leia mais:
Queda de árvore atinge veículos e bloqueia trânsito no entorno do Mercado Central de BH; veja vídeo
Em 6 dias, região Nordeste de BH registou 54% da chuva esperada para o mês
Chuva derruba muro e interdita rua no bairro Dom Silvério, região Nordeste de BH
Criança fica ferida após desabamento de varanda no bairro São Gabriel, em BH