Cinco pessoas foram presas e 33 furtos foram registrados pela Polícia Militar durante as comemorações do título do Campeonato Brasileiro do Atlético na noite de quinta (2) e madrugada de sexta (3), em Belo Horizonte.

Em nota, a PM informou que foram mobilizados 550 militares a mais que o efetivo normal para fazer a segurança nos principais pontos de concentração dos torcedores atleticanos. O público estimado pelos militares chegou a cerca de 100 mil pessoas, na região da sede do Atlético, no bairro de Lourdes; na Praça Sete e na Praça da Estação, no Centro de BH.

Segundo a Polícia Militar, a ausência de banheiros químicos e a existência de poucas ambulâncias e de bombeiros civis nos locais de maior aglomeração foram fatores dificultadores para o trabalho de segurança.

De acordo com a Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais (Fhemig), o Hospital João XXIII recebeu alguns pacientes feridos durante as comemorações, mas a maioria dos casos não foi grave e não foi registrado aumento significativo nos atendimentos.

A festa na Praça Sete rendeu uma multa ao Atlético, já que a prefeitura informou que o clube não solicitou autorização para realizar o evento. 

Leia mais:
'Multa de R$ 3 mil é ridículo. Era melhor não ter multado', diz Kalil sobre punição ao Atlético
Apesar do fim da greve, quantidade de ônibus circulando ainda é parcial