Pelo menos 41 cidades deram início à vacinação contra a Covid-19 em profissionais da Educação em Minas. Os dados estão presentes no mais recente levantamento sobre os desafios no combate à pandemia, feita pela Confederação Nacional de Municípios (CNM).

Os pesquisadores ouviram gestores de 482 prefeituras, no período entre segunda (24) e sexta-feira (28). Desse total de entrevistados, a maior parte (437 cidades) não começou a imunização dos trabalhadores de ensino. A entidade não divulga a lista dos municípios que responderam ao questionário. Os dados também apontaram que pelo menos 186 municípios mineiros registraram falta de doses na semana passada.

Entre as cidades que vão iniciar a proteção a profissionais da área está Nova Lima, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. A administração local informou que trabalhadores da educação infantil e ensino fundamental (até segundo ano) das redes pública e particular serão imunizados a partir desta terça-feira.

Belo Horizonte deu início ao processo na última quarta-feira (26). Na capital, podem receber a vacina professores e funcionários de creches e pré-escolas que trabalhem com crianças de até 5 anos das redes pública e privada (veja aqui).

Leia mais:
Lira diz que reforma tributária será a possível e melhorará sistema
Ministério da Saúde abre credenciamento para Programa Nacional de Apoio à Atenção Oncológica
Defesa Civil alerta para pancadas de chuva em BH até a manhã desta terça