Pelo terceiro dia seguido neste mês, uma névoa de fumaça incomoda moradores da capital. O assunto já é destaque no Twitter nesta sexta-feira (18), onde crescem as reclamações sobre o desconforto que o fenômeno causa. Nesta semana, a névoa formada pela combinação de baixa umidade do ar e a ocorrência de incêndios dispersos na RMBH, foi observada duas vezes: quarta-feira (16) e quinta (17)

O Corpo de Bombeiros de Minas Gerais confirma o registro de várias queimadas nesta sexta e relata que os incêndios tiveram um aumento neste ano. De janeiro a setembro, por exemplo, foram registrados 15.792 focos no Estado, 5.809 (58,19%) a mais do que no ano passado, quando o balanço apontou 9.983 incêndios. Em BH, foram 1.167 este ano contra 1.032 no ano passado, 135 (13,08%) a mais. 

Assista ao vídeo feito pela PMMG que mostra a névoa de fumaça na capital:

O desconforto pode piorar na parte da tarde, quando a umidade do ar pode atingir 20%, segundo a Defesa Civil de Belo Horizonte. O ideal recomendado pela Organização Mundial de Saúde é acima de 60%. Por causa da secura, a Defesa Civil emitiu um alerta orientando que a população se hidrate. Clique aqui e confira todas as dicas para enfrentar esse período de tempo e névoa seca.

Chuva

A boa notícia é que deve chover este fim de semana, deixando a atmosfera mais limpa e os índices de umidade do ar próximos ao indicado pela OMS, de 60%. De acordo com a meteorologista do InMet Anete Fernandes, a precipitação de forma mais significativa para Belo Horizonte está prevista para domingo. "No sábado, há previsão de chuva em áreas isoladas, mas a chuva de maneira mais organizada deve acontecer no domingo. Nossa expectativa é que já se estabeleça aí o início do período chuvoso, mas ainda não dá para dizer que é o fim do tempo seco, que está dentro da normalidade desta primeira quinzena", esclarece.

A meteorologista explica que a névoa seca é característica comum dessa época do ano, quando uma série de fatores contribuem para a formação dela. "Tempo seco, céu claro (sem nuvens), umidade inferior a 30% e persistência desses fatores por vários dias contribuem para a formação da névoa", diz. Com as queimadas, o desconforto fica ainda pior.

Confira os comentários no Twitter:

 

Leia mais:
Névoa de fumaça de volta a BH: fenômeno deve ser repetir por mais dois dias
Incêndios em vegetações em BH ameaçam residências e aumentam névoa de fumaça pela capital
No dia mais seco do ano e de vários incêndios, BH é tomada por névoa de fumaça na noite desta quarta