São Joaquim de Bicas, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, é a primeira cidade mineira a iniciar a aplicação da terceira dose da vacina contra a Covid-19. O reforço começou nesta sexta-feira com a população idosa acima de 70 anos. O atendimento a essa faixa etária acontece em todas as unidades de saúde do município, das 8h às 12h.

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG) havia declarado, em agosto, que as doses de reforço seriam aplicadas a partir do mês de setembro em idosos e imunossuprimidos, conforme recomendação do Ministério da Saúde.

Laboratórios diferentes

Inicialmente, a campanha será apenas para quem completou o ciclo vacinal há mais de seis meses, conforme a orientação do Ministério. A pasta recomenda que o reforço seja feito com um laboratório que tenha utilizado tecnologia diferente. Quem tomou a CoronaVac, por exemplo, deve receber agora AstraZeneca, Janssen ou Pfizer. 

Os candidatos devem apresentar um documento de identificação com foto, comprovante de endereço e cartão de vacina. A prefeitura informou que aqueles que não tiverem condições de se locomover podem entrar em contato com a Unidade Básica de Saúde (UBS) mais próxima e agendar a imunização domiciliar. 

Clique aqui para conferir endereços e telefones de contato de todos os postos do município.

Calendário por faixa etária

A campanha de reforço acontece paralelamente à vacinação da população de 12 a 17 anos, com e sem comorbidades. 

Leia mais: 

Vacinação contra Covid de adolescentes com comorbidades começa na segunda-feira em BH
Minas identifica 5 casos da variante Mu do coronavírus; registros da Delta saltam para 236
Mais de 150 cidades de Minas já vacinaram todos os adultos com 1ª dose contra Covid; veja quais