Reajuste

Em greve, servidores da Fhemig protestam por valorização da categoria em BH

Da Redação
portal@hojeemdia.com.br
04/04/2022 às 12:23.
Atualizado em 04/04/2022 às 12:37
 (Valéria Marques)

(Valéria Marques)

Servidores de unidades da Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais (Fhemig), em greve a partir desta segunda-feira (4), manifestaram nesta manhã, em Belo Horizonte, por melhorias e valorização da categoria. 

O grupo se concentrou em frente ao Hospital João XXIII, na região Leste, e chegou a fechar a avenida Alfredo Balena. Como forma de protesto, foram espalhados cartazes com dizeres como “greve por melhorias nos hospitais” e “quem cuida da saúde dos mineiros merece respeito, greve já” na porta do local. 

Os trabalhadores pedem isonomia com o reajuste de benefícios que outros servidores públicos já receberam. Segundo o Sindicato dos Profissionais de Enfermagem, Técnicos Operacionais de Saúde, Analistas de Gestão da Saúde e Auxiliares de Apoio à Saúde de Minas Gerais (Sindpros), diaristas que trabalham nas unidades de saúde tiveram um reajuste na ajuda de custo, que passou de R$ 53 para R$ 75. 

No entanto, o aumento para grande parte dos servidores, os plantonistas, foi de apenas R$ 6. A categoria considera o valor irrisório, diante do reajuste de R$ 28 concedido aos servidores administrativos da Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag), que, ainda segundo o sindicato, trabalham em casa. 

Greve 

A greve dos servidores segue mesmo diante decisão judicial, que impede o movimento. A decisão por suspender o movimento grevista, a pedido do governo de Minas e da Fhemig, tem multa de R$ 100 mil por dia. 

Segundo o sindicato, porém, a entidade ainda não foi notificada oficialmente. Como determina a legislação, nos setores de urgência, emergência e tratamento intensivo, a escala será completa, com 100%. 

O que diz a Fhemig

Em nota, a fundação informou que mantém diálogo aberto com os trabalhadores e segue acompanhando as manifestações. Em relação à ajuda de custo, o órgão disse que todos os servidores estaduais de Minas que fazem jus ao benefício receberam os valores da diferença do reajuste em folha extra, paga no dia 14/3/22, conforme os critérios anunciados pelo Governo. 

Além disso, para os servidores que cumprem a jornada de trabalho em regime de plantão, está prevista a publicação de resolução específica. “As tratativas de revisão das resoluções específicas estão em curso”, conclui o comunicado.

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por