'O prefeito achou que daria certo e errou', diz Kalil sobre volta da torcida aos estádios de BH

Marina Proton e Lucas Sanches
portal@hojeemdia.com.br
23/08/2021 às 10:30.
Atualizado em 05/12/2021 às 05:44
 (Lucas Prates/Hoje em Dia)

(Lucas Prates/Hoje em Dia)

O prefeito Alexandre Kalil (PSD) disse que errou ao autorizar o retorno dos torcedores aos estádios em Belo Horizonte. Na manhã desta segunda-feira (23), em coletiva na prefeitura, o chefe do Executivo afirmou que a decisão, tanto de liberar quanto de vetar público, foi tomada por ele.

"Ninguém veio até a prefeitura para pedir a volta das torcidas. Foi um pedido único e exclusivamente do Alexandre Kalil. A prefeitura é a única culpada porque ela foi ao comitê pedir o teste. Não tem participação não, nós é quem somos culpados. O prefeito achou que ia dar certo e errou. Mas aqui temos compromisso com o erro”, disse.

Kalil ainda comentou sobre os principais erros cometidos na execução dos protocolos, aplicados nas partidas do Atlético contra o River Plate na quarta-feira (18), e no jogo entre Cruzeiro e Confiança na sexta-feira (20)

“Foram cometidos vários erros, e depois corrigidos. O melhor protocolo é da Copa do Mundo, mas tem tudo que a gente não pode fazer, desde o preço, cadeiras numeradas e venda de cerveja. Isso não faz parte da nossa cultura. Quando estiver todo mundo vacinado e imunizado, poderemos voltar com essa alegria do futebol”, afirmou Kalil.

Confira, na íntegra, a entrevista concedida pelo prefeito Alexandre Kalil:

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por