Atlético

Diego Costa foi titular contra o Santos, mas deixou a partida no intervalo com a 'perna pesada', segundo Cuca

Na noite desta quarta-feira (13), o Atlético entrou em campo sem Hulk. Com edema na coxa direita, o camisa 7 foi substituído por Diego Costa. No entanto, a participação do centroavante na vitória sobre o Santos, por 3 a 1, foi apenas até o fim do primeiro tempo.

Diego Costa foi trocado por Eduardo Sasha no intervalo. A mudança, segundo o técnico Cuca, foi motivada pelo receio de perder o atacante por lesão.  

“No meio tempo, ele sentiu a perna cansada, pesada e preferimos preservar. É um jogador muito importante e não queríamos correr o risco de perdê-lo novamente. A saída dele foi exclusivamente por isso”, justificou o treinador.

O camisa 19 voltou a defender o Atlético na última rodada do Campeonato Brasileiro, entrando no decorrer da vitória sobre o Ceará, por 3 a 1. Foi dele o terceiro gol do Galo. Antes daquela partida, Diego Costa desfalcou o Galo em quatro jogos por lesão.

Agora, o Atlético aguarda a recuperação de Diego Costa e Hulk para o jogo contra o Atlético-GO, no domingo, às 18h30, em Goiânia. Outra opção de ataque na próxima rodada do Brasileirão deve ser Savarino, que foi liberado do departamento médico nessa segunda-feira (11).

Leia mais:
Atlético vira sobre o Santos no Mineirão e mantém vantagem de 11 pontos para o Flamengo
Dodô recebe o terceiro cartão e desfalcará o Galo diante do Atlético-GO; Guilherme Arana retorna
Sem Hulk e Diego Costa, Nacho sai do banco para ser o protagonista da virada do Galo sobre o Santos