O atacante Diego Costa reforça o Atlético para o restante da temporada. Nesta sexta-feira (8), por meio de suas redes sociais, o clube informou que o centroavante está liberado pelo departamento médico. Com isso, o jogador pode até aparecer como novidade contra o Ceará, neste sábado (9), às 16h30, no Mineirão, seja como titular ou opção no banco de reservas.

O atleta se recuperou de uma lesão na coxa esquerda, sofrida no primeiro duelo da semifinal da Copa Libertadores, diante do Palmeiras, no 0 a 0 no Allianz Parque, no dia 21 de setembro.

Depois daquele embate, desfalcou o time alvinegro nos empates com São Paulo (0 a 0, no Brasileiro), Palmeiras (1 a 1, no confronto de volta na Libertadores) e Chapecoense (2 a 2, na Série A) e no triunfo sobre o Internacional (1 a 0, no Brasileirão).

Em cinco partidas disputadas com a camisa do Galo, Diego Costa balançou as redes duas vezes.

Atlético

Investigado

No último dia 30, o atacante se tornou um dos alvos da “Operação Distração”, deflagrada pela Polícia Federal (PF), no Sergipe, na Bahia e em São Paulo.

A ação apura suposta prática de exploração de jogos de azar, lavagem de dinheiro, evasão de divisas e organização criminosa envolvendo um site de apostas, seus proprietários, operadores financeiros e financiador.

De acordo com comunicado divulgado pela PF, a atual fase da investigação, que está em sua segunda parte, está concentrada no processo de evasão de divisas, com foco nos doleiros e no financiador do site de apostas.

Nesse cenário estaria incluso Diego Costa que, segundo a Polícia Federal, seria o financiador do esquema criminoso.

Leia mais:
Sasha pede mais atenção aos colegas de Galo após empate com a Chape: ‘achamos que seria fácil’
Prováveis escalações e onde assistir ao jogo Atlético x Ceará pelo Brasileirão neste sábado
Com mensagem de luta contra qualquer tipo de preconceito, Atlético lança uniforme 3 da temporada