Salários, transfer ban e Luxemburgo: Sérgio Rodrigues fala das prioridades do Cruzeiro

Lucas Borges e Thiago Prata
@lucaslborges91 @ThiagoPrata7
26/11/2021 às 09:26.
Atualizado em 05/12/2021 às 06:20
 (Gustavo Aleixo/Cruzeiro )

(Gustavo Aleixo/Cruzeiro )

Salários em dia e resolução do transfer ban são as prioridades de momento no Cruzeiro, como enfatizou o presidente do clube, Sérgio Santos Rodrigues, nessa quinta-feira (25). O anseio dele é quitar os honorários de jogadores e funcionários o quanto antes, quem sabe até o fim deste ano.

“Objetivo é esse. Estamos recebendo algumas coisas agora. Queremos fazer isso acontecer. Prioridade são os salários e o transfer ban”, afirmou o mandatário.

Apesar de citar a questão do transfer ban, Santos Rodrigues não cravou uma data para o pagamento da dívida de R$ 13 milhões, relativa às contratações de Arrascaeta e Riascos, e, com isso, fazer com que o clube possa novamente registrar atletas, casos dos zagueiros Maicon e Manoel, já confirmados pela diretoria e o empresário Pedro Lourenço.

"Está caminhando, vamos resolver isso (transfer ban), se Deus quiser. Estamos viajando e fazendo as coisas acontecerem", sintetizou.

Luxa e reforços

Resolver a situação envolvendo o transfer ban é crucial para o planejamento do Cruzeiro em 2022, como tantas vezes destacou o técnico Vanderlei Luxemburgo, que, ao que tudo indica, vai permanecer na Toca II para a próxima temporada. Indagado sobre o que está faltando para a renovação com Luxa, Santos Rodrigues brincou: “a caneta”.

"Ele (Luxemburgo) mesmo já disse que está muito mais perto do que longe (de uma renovação). Temos uma relação excelente, maravilhosa. Esse carinho que ele tem pelo Cruzeiro... Ele ama o Cruzeiro, como eu”, declarou o presidente.Gustavo Aleixo/Cruzeiro

Sérgio Santos Rodrigues diz que só está faltando a 'caneta' para firmar a prorrogação de vínculo de Luxemburgo (foto)

Além da prorrogação de contrato com Luxemburgo, o mandatário celeste falou a respeito da vinda do zagueiro Maicon. "É um cara diferente; é meu vizinho, moramos no mesmo prédio. Já convivia com ele, um cara diferente, capitão, com gana. Conversamos bem antes de qualquer coisa”, comentou.

E ressaltou que Manoel e Maicon são o tipo de perfil que a Raposa pleiteia em suas próximas contratações. “Queremos sempre pessoas que vão ajudar a construir o Cruzeiro", disse.

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por