Em último adeus, fãs de Marília Mendonça fazem homenagem e minuto de silêncio; veja vídeo

Clara Mariz*
@clara_mariz
06/11/2021 às 10:43.
Atualizado em 05/12/2021 às 06:12
 (WorkShow/Divulgação)

(WorkShow/Divulgação)

A cidade de Caratinga, no Vale do Rio Doce, terminou a noite de sexta-feira (5) em clima de luto. A população da cidade se reuniu em frente à Catedral de São João Batista, na região central, para prestar homenagens à cantora Marília Mendonça, que morreu após a queda do avião que a levava, junto com outras quatro pessoas, para a cidade mineira. 

Os fãs da artista fizeram um momento de silêncio com as luzes dos celulares acesas. Marília se apresentaria no Parque de Exposições da cidade na noite do dia do acidente. Veja o vídeo divulgado pela Prefeitura de Caratinga. 

Tragédia

Na tarde desta sexta-feira (5), o avião que transportava Marília Mendonça caiu em uma cachoeira, na zona rural de Piedade de Caratinga, no Vale do Rio Doce, em Minas Gerais.  A aeronave decolou de Goiânia e seguia para Caratinga, cidade também no Vale do Rio Doce, onde a artista faria um show na noite desta sexta.  Ao todo, cinco pessoas morreram: a cantora sertaneja, o tio dela e assessor Abicieli Silveira Dias Filho, o produtor Henrique Ribeiro, o piloto Geraldo Martins de Medeiros e o co-piloto Tarciso Pessoa Viana. O resgate das vítimas demorou cerca de três horas, já que o avião estava em uma área de difícil acesso. Equipes do Samu, bombeiros militares e policiais atuaram na retirada dos corpos.

De acordo com o tenente Pedro Aihara, porta-voz do Corpo de Bombeiros de Minas, os ocupantes estavam presos entre as ferragens. Os primeiros a serem resgatados foram os passageiros, já  que o piloto e o co-piloto estavam em uma área de difícil acesso.

A Seripa, órgão ligado à Força Aérea Brasileira responsável pela investigação de acidentes aéreos, informou que irá apurar as causas do acidente. Os investigadores do Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos virão do Rio de Janeiro na manhã deste sábado (6) para dar início ao trabalho de perícia da aeronave e avaliação das condições de voo. Segundo a Cemig, a aeronave atingiu um cabo de alta tensão da companhia momentos antes da queda.

A artista estava em um bimotor Beech Aircraft, da PEC Táxi Aéreo, de Goiás, prefixo PT-ONJ, com capacidade para seis passageiros. Segundo informações da Anac, o avião estava em situação regular.

*Com Bernardo Estillac

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por