Com o objetivo de mitigar os danos causados pelo temporal da última terça-feira (28), Belo Horizonte amanheceu com os trabalhos intensos de limpeza e reconstrução nas áreas afetadas pela chuva na região Centro-Sul e em outras vias como a avenida Teresa Cristina. O município e a meteorologia continuam alertando sobre a possibilidade de mais chuvas nos próximos dias, mas na manhã desta quinta-feira (30), o sol e a sensação de calor confundem os moradores da cidade. Afinal, o que esperar? Mais tempestade ou chuvas fracas de verão? 

A meteorologista Anete Fernandes, do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), explica que a previsão para estas quinta e sexta-feiras (31) é de pancadas de chuva típicas de verão, ou seja, que ocorrem apenas em alguns pontos da cidade e sem muita força ou continuidade. Diferente do temporal de apenas cerca de uma hora no domingo (19) que causou vários estragos ao longo da Teresa Cristina, e da chuva contínua que começou na quinta-feira (23) e durou mais de 24 horas deixando pelo caminho vários deslizamentos de terra, desabamentos e mortes. 

Mesmo que ocorram chuvas mais fracas que o último temporal e com menor tempo de duração, o estado de alerta é mantido, principalmente em relação aos riscos geológicos, uma vez que o solo continua molhado. Segundo Anete, seriam necessários vários dias de sol e sem chuvas para estabilizar o solo da capital. 

O tempo deve continuar com céu nublado a parcialmente nublado com possibilidade de chuvas que podem vir acompanhadas de trovoadas e rajadas de vento. "Podem até ocorrer chuvas fortes, mas não aquele dilúvio que vimos essa semana", comenta a meteorologista. A previsão é que as precipitações aconteçam mais no fim da tarde e à noite. A temperatura mínima regustrada nesta quinta foi de 20°C e, a máxima prevista, 30°C. 

Enquanto a chuva não vem, os danos provocados pelo último temporal continuam afetando a rotina da cidade. Várias vias seguem interditadas, cerca de 60 linhas de ônibus mantém seus trajetos alterados, a data da volta às aulas na rede municipal continua sem previsão  - e em outros municípios afetados também - e as autoridades seguem em alerta

A orientação é válida também para os moradores, e as dicas são continuar acompanhando a evolução do clima e ficar de olho nos alertas da Defesa Civil. O órgão sempre divulga seus anúncios pelas redes sociais ou direto por mensagens de texto no seu celular. Para receber os alertas e as condições climáticas em tempo real, basta enviar um SMS para o número 40199 e informar o seu CEP. 

Leia mais:

Aposentado subiu em mesa de restaurante para escapar de enchente na Prudente de Morais
TRE-MG retoma atendimento nesta quinta-feira após suspender o expediente por causa das chuvas
Crianças afetadas pelas chuvas em BH terão acesso a escola integral perto dos abrigos
O motivo da destruição: chuva ganhou velocidade no asfalto e não encontrou solo para ser absorvida